Friday, March 23

amargura

duas pessoas que estiveram casadas anos...desse casamento nasceu uma criança com uns olhos grandes lindissimos. Divorciam-se...já la vão 6 anos quase... Hoje tentaram chegar acordo em relação ao valor da pensão para a criança. ~
Quando se esta quase a atingir o acordo, ela levanta questão, se não é isto é aquilo, se não é aquilo é porque falta isto...constantemente levanta questões, pequenas quesilias, sempre...
não consigo deixar de observar tudo isto com a sensação que existe ali tanta raiva contida, tanta vontade de chatear, de implicar...provavelmente devido ao passado, provavelmente nao, de certeza porque no meio do discurso vem sempre aquela "ah dizes isso agora porque antes...", "daquela vez que....", "fizeste aquilo daquela vez..."
amargura...
as pessoas muitas vezes têm dificuldade em andar para a frente, em olhar para o presente e o futuro e pensar "é/vai ser pelo melhor, quero ser feliz", preferem alimentar este sentimento de raiva contida, de quase desejo de vingança, e serem pessoas amargas...
todos temos passados, aprendemos com as experiências que vivemos e que nos ajudam a fazer quem somos...
o passado é importante mas deve ficar aí mesmo, no passado!

3 comments:

Branquinha said...

iupiii mais um post:) ja tava a achar que algo se passava... hmmm de facto essa é uma situação muito comum: querer seguir em frente mas não querer, por outro lado, deixar o passado no lugar dele. Percebo isto se o passado tiver deixado marcas muito fortes, pela negativa neste caso... é normal. Pode demorar meses, anos ou uma vida mas chegaremos sempre à conclusão de que não ajudou em nada ter o passado sempre presente...
Beijinhos grandes***

Miki Ferreiras said...

Alguem disse uma vez: "Não te podes banhar na mesma água do mesmo rio duas vezes"... mas a verdade é que, por vezes, não é facil "enterrar" o passado. Nem sempre temos o discernimento de deixar para trás esta ou aquela situação que vivemos... Nem sempre é facil avançar e não sentir saudosismo... Nem sempre se consegue imprimir novo rumo quando na tua alma ainda residem sentimentos de perda, de culpa, de vigança...
Contudo uma coisa é certa: o passado pode condicionar-te... mas não é por ele que o mundo avança.
Jinhos pa tu!

Si said...

é impressionante o quão mesquinho consegue ser o ser humano.
Deviam concentrar-se no bem estar da criança, no que é melhor e deixarem-se de vingançazinhas.
Deste tipo de situações nascem, por vezes, desajustes de personalidade de que é arrastado de um lado para o outro como se fosse um saco de batatas e que serve, na maior parte dos casos como arma de arremesso contra o outro.
E, sim, todos cometemos erros e fazemos coisas que não nos orgulhamos, como tambémsomos participantes de coisas q nos fizeram felizes mas, tal como tu disseste e bem, o passado deve ficar no passado, por isso é que é "passado".
devemos aprender com os erros, n tomar nada como garantia e tentar todos os dias ser felizes.
parece fácil, mas na realidade não é, porque tudo o q está ganho pode ser perdido se não trabalharmos para continuar em frente.